Santeria: jaculatórias poéticas para almas desassossegadas
Marcio Sales Saraiva Santeria: jaculatórias poéticas para almas desassossegadas


Depois do romance “O pastor do diabo” (Metanoia, 2017) e “Engenho de Dentro e outros contos de aprendiz” (Mundo Contemporâneo Edições, 2019), Marcio Sales Saraiva fez brotar esta “Santeria...”, seu primeiro livro de poemas. Diz ele:

“Através da carpintaria das palavras, busco criar esculturas-poemas nos quais são projetados orações, rogativas e agradecimentos, inspirações para a vida de milhões, sentido para meu ser-no-mundo. O resultado disso é esta Santeria que te entrego como poemas sincréticos, místicos, religiosos e profanos, impuros e híbridos, cheios de fé e dúvidas, existenciais e transcendentais, uma antropofagia brasileira das religiosidades que alimentam nossas almas em desespero que não encontram consolo na gaiola de ouro da razão instrumental. São poemas revolucionários, no sentido de que almejam novo mundo de relações justas e igualitárias, a espiritualidade não está dissociada da vida comunitária, nas quais as nossas rogativas constituem parte significativa e rica de nossas lutas diárias e coletivas.”


Marcio Sales Saraiva

30.00

Santeria: jaculatórias poéticas para almas desassossegadas

R$ 30,00

3x sem juros de R$ 10,00

Qtd:  

ISBN: 978-65-86290-15-8
Páginas: 116
Tamanho: 14x21
Idioma: Português
Ano de edição: 2021

 

 

Autor: Marcio Sales Saraiva

ISBN: 978-65-86290-15-8
Páginas: 116
Tamanho: 14x21
Idioma: Português
Ano de edição: 2021

 

 

  - OU -  

Coloque o destino para simular o frete.

CEP:


Depois do romance “O pastor do diabo” (Metanoia, 2017) e “Engenho de Dentro e outros contos de aprendiz” (Mundo Contemporâneo Edições, 2019), Marcio Sales Saraiva fez brotar esta “Santeria...”, seu primeiro livro de poemas. Diz ele:

“Através da carpintaria das palavras, busco criar esculturas-poemas nos quais são projetados orações, rogativas e agradecimentos, inspirações para a vida de milhões, sentido para meu ser-no-mundo. O resultado disso é esta Santeria que te entrego como poemas sincréticos, místicos, religiosos e profanos, impuros e híbridos, cheios de fé e dúvidas, existenciais e transcendentais, uma antropofagia brasileira das religiosidades que alimentam nossas almas em desespero que não encontram consolo na gaiola de ouro da razão instrumental. São poemas revolucionários, no sentido de que almejam novo mundo de relações justas e igualitárias, a espiritualidade não está dissociada da vida comunitária, nas quais as nossas rogativas constituem parte significativa e rica de nossas lutas diárias e coletivas.”


Marcio Sales Saraiva

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu E-mail


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:





Santeria: jaculatórias poéticas para almas desassossegadas

R$ 30,00

3x sem juros de R$ 10,00